sábado, 26 de março de 2011

Aliança - Arco Iris


Um arco semicircular que exibe um espectro de cores; um sinal visível da promessa pactuada de DEUS, de que “não mais será toda a carne decepada pelas águas dum dilúvio e não mais virá a haver dilúvio para arruinar a terra”. (Gn 9:11-16) Não há nenhuma palavra hebraica específica para arco-íris, de modo que se usa na Bíblia a palavra normal para “arco” (com que se atira flechas). — Ez 1:28.

Usam-se teorias e fórmulas complicadas para explicar a formação dum arco-íris. Basicamente, parece que, à medida que a luz branca penetra numa gotícula de chuva, ela é refratada e dispersada em diferentes cores, a gotícula atuando como um diminuto prisma. Cada cor bate na superfície interna da gotícula e é refletida num ângulo diferente e específico. Assim, o observador vê um arco com todas as sete cores do espectro (de dentro para fora do arco: violeta, anil, azul, verde, amarelo, alaranjado e vermelho), embora elas possam misturar-se, de modo que só quatro ou cinco cores fiquem claras. Por vezes, forma-se um arco “secundário”, maior e menos distinto, com as cores invertidas. Os cientistas ainda estão estudando o arco-íris.

“Dentro da gota de chuva, a interação da energia de luz com a matéria é tão íntima, que se é levado diretamente à mecânica quântica e à teoria da relatividade. . . . Embora se saiba muito sobre a produção do arco-íris, pouco se aprendeu sobre a sua percepção.” — The Rainbow, From Myth to Mathematics, 1959, pp. 320, 321-
Carl B. Boyer.

A primeira referência bíblica a um arco-íris acha-se no relato sobre o pacto de Deus com Noé e sua descendência, depois que os sobreviventes do Dilúvio saíram da arca. (Gn 9:8-17; Is 54:9, 10) Esta esplêndida visão já por si mesma seria reconfortante e um indício de paz para Noé e sua família.

Ofereceram-se muitas opiniões sobre se esta foi a primeira vez que os humanos viram um arco-íris. Alguns comentadores afirmaram que arco-íris já haviam sido vistos antes, e que ‘dar’ Deus o arco-íris nesta ocasião foi realmente ‘dar’ um sentido ou significado especial a um fenômeno já existente. Muitos dos que têm tal conceito crêem que o Dilúvio foi apenas local e não mudou substancialmente a atmosfera.

Não obstante, esta é a primeira menção da palavra arco-íris, e se um arco-íris já tivesse sido visto antes, não haveria nenhuma força real em Deus torná-lo um sinal destacado do seu pacto. Teria sido algo corriqueiro, e não um sinal significativo duma mudança, de algo novo.

A Bíblia não descreve o grau de claridade da atmosfera antes do Dilúvio. Mas, pelo que parece, as condições atmosféricas eram tais que, até ocorrer a mudança quando ‘se abriram as comportas dos céus’ (Gn 7:11), ninguém antes de Noé e sua família tinha visto um arco-íris. Mesmo hoje, as condições atmosféricas influem quanto a se poder ver ou não um arco-íris.

A glória, a beleza e a pacificidade dum arco-íris que surge depois duma tempestade são usadas nas descrições bíblicas sobre Deus e seu trono. Na visão que Ezequiel teve de Deus, o profeta viu “algo semelhante ao aspecto do arco que vem a haver numa massa de nuvens no dia duma chuvada”. Isto destacava a “glória de DEUS”. (Ez 1:28) Similarmente, João viu o trono de esplendor de DEUS, e ‘ao redor dele havia um arco-íris, em aparência semelhante à esmeralda’. A visão do arco-íris sugeriria, para João, tranqüilidade e serenidade, e isto apropriadamente, visto que DEUS está no controle de toda a situação, um Governante glorioso. (Ap 4:3) João também viu um anjo com “um arco-íris sobre a sua cabeça” (Ap 10:1), o que pode sugerir que o anjo era um representante especial do “Deus de paz”. — Fil 4:9.

texto copiado da internet e adaptado por DBatta

Dias de Aliança


Texto Bíblico: Jeremias. 33:25,26; Êxodo 34:1-10

Introdução

Estamos vivendo dias de grandes celebrações nos céus. Estamos vivendo momentos de profundo significado no mundo físico e espiritual.

Jesus disse: Mateus 18:18
“Tudo o que ligardes na terra, terá sido ligado no céu, e tudo o que desligardes na terra terá sido desligado no céu”.

Quando Jesus esteve neste mundo, seus ensinamentos foram voltados para ALIANÇA.

A aliança faz parte do caráter de Deus.
Todos os seus feitos são voltados para ALIANÇA.
Todos os seus projetos para o homem, foram feitos debaixo de decretos de ALIANÇA.

A Bíblia está repleta de palavras de ALIANÇA.
Só no A.T. encontramos 270 vezes a palavra aliança.
No N.T. 33 vezes.

Há duas palavras para aliança

  • No Hebraico - Berit - Aliança
  • No Grego - Diatheke - Aliança

Aliança Significa:

  1. Acordo
  2. Pacto
  3. União

Aliança Requer:

a) Acordos e promessas - (Gênesis 28:20-22) Jacó
b) Quando nos aliançamos, entramos num acordo.

Vejamos as Obrigações de Uma Aliança
Eclesiastes 4:9-12

  1. Cuidar do outro

Quando é que a esposa cuida?

a) Submetendo-a - A submissão é proteção para o marido
b) Ajudando-o - Em todas as áreas: finanças, ministério, etc.
c) Admirando-o - Como pai, como homem, como profissional.

Quando é que o marido cuida?

a) Amando-a sendo seu melhor amigo
b) Respeitando-a nas suas limitações e diferenças
c) Protegendo-a sendo sua cobertura

  1. Ser Fiel - Provérbios 28:20

“O homem fiel será cumulado de bênçãos...”

  • Ser fiel é permanecer leal em todos os momentos e nunca de desviar desse propósito por causa dos problemas.

. A fidelidade abre portas
.Deus honra um discípulo fiel

  • Ser fiel é guardar a vida do outro
  • É errar e acertar juntos e jamais tirar o corpo de fora numa situação difícil
  • Ser fiel é não pensar o mal e nem falar contra o seu líder, pastor, discipulador, marido, mulher, etc.

“somos membros do mesmo corpo” (Efésios 4:1-6,12)

O relacionamento entre as parte da aliança se expressa por hesed (I Samuel 20:8) Jônatas e Davi
1. Amor inabalável
2. Lealdade
3. Constância

A Aliança se Expressa Por Ação - (Salmo 103:17,18)

BERIT
O Senhor nos convida para uma:
KARAT BERIT = fazer uma aliança
DIATHEKEN DIATITNEMAI =estabelecer uma aliança

Conclusão

No N.T. a comunhão dos cristãos primitivos se baseava na PALAVRA e se expressava na refeição em comum.
(I Aos Coríntios 10:16b,17; Atos. 2:46)

No N.T. a aliança se expressa através da verdade
(Atos 5:1-11) Ananias e Safira – Geração de mentirosos e infiéis

No A.T. a aliança se expressa através da fidelidade
Rute e Noemi - Geração da fidelidade (Rute 1:6-18)
Órfã - Geração dos que não querem compromisso- aliança
Somos uma geração de homens e mulheres de excelência que está disposta a pagar o preço da unidade por amor a Jesus. Na unidade conquistamos multidões.



texto retirado da internet e adaptado por DBatta